Redação Bles – Um acidente vascular cerebral (AVC) refere-se a uma lesão cerebral causada pela interrupção do suprimento sanguíneo.

De acordo com a informação do Instituto Nacional de Neurologia de Distúrbios e Derrame (NIH), esse tipo de lesão cerebral ocupa o terceiro lugar entre as principais causas de morte nos Estados Unidos e é uma das principais causas de incapacidade grave ou prolongada em adultos.

Há muitos fatores a serem considerados para alertar sobre os sintomas e evitar se expor ao perigo de sofrer um.

[Artista relata perseguição durante 15 anos de prisão, incluindo afogamento simulado por mais de 10 horas]

Causas

  • Pressão arterial alta.
  • Problemas cardíacos.
  • Diabetes.
  • Colesterol alto.
  • Fumar

Existem dois tipos principais de acidente vascular cerebral:

  • AVC isquêmico: ocorre quando um vaso sanguíneo que fornece sangue ao cérebro é bloqueado por um coágulo sanguíneo, um coágulo trombótico (em uma artéria muito estreita) ou embólico (quando um coágulo se rompe em alguma parte do corpo e viaja para o cérebro) .
  • AVC hemorrágico: pode ser causado quando a placa obstrui as artérias.

Sinais ou sintomas

  • Dificuldade para caminhar: súbita dificuldade para caminhar, tontura, perda de equilíbrio ou coordenação.
  • Fraqueza em um lado do corpo:dormência repentina ou fraqueza no rosto, braço ou perna (especialmente em um lado do corpo).
  • Dificuldade em ver: dificuldade súbita de ver com um ou ambos os olhos.
  • Dificuldade em falar: confusão repentina, dificuldade em falar ou entender.
  • Dor de cabeça: dor de cabeça súbita e grave, sem causa conhecida.

Prevenção

Antes de qualquer um dos sintomas mencionados, é essencial entrar em contato com a assistência médica de emergência, pois, quanto maior a interrupção do fluxo sanguíneo no cérebro, maior o dano.

Nesse caso, cada minuto que passa após um acidente vascular cerebral é crucial para reverter as consequências dessa lesão, aumentando as chances de sobrevivência da pessoa.

Outras precauções, como o controle periódico da pressão arterial, somadas aos respectivos exames médicos, serão fundamentais para evitar esse tipo de acidente.

Nota: Este artigo foi escrito para fins informativos e não se destina a substituir a opinião de um especialista. Se você tiver alguma dúvida, pergunte ao seu médico.

Categorias: Ciência

Vídeo em destaque

Ad will display in 09 seconds