Os dois países falam em “excelência no relacionamento”

O Presidente angolano revelou que Luanda e Lisboa estão a trabalhar para facilitar a concessão de vistos aos seus cidadãos e acredita que o processo possa estar concluído no primeiro trimestre do próximo ano.

“Há acções por realizar que não estão concluídas, mas ficou o compromisso de a nível ministerial e a nível técnico continuarem [as delegações dos dois países] esse mesmo trabalho para ver se encontramos um desfecho ainda no primeiro trimestre de 2019”, disse João Lourenço nesta sexta-feira, 23, numa conferência de imprensa na companhia do primeiro-ministro português, António Costa., no Porto.

Os dois governos vão realizar encontros em 2019 para concluir o protocolo bilateral de facilitação de vistos em discussão há algum tempo.

Nesta sexta-feira, e depois de um programa político ontem, Lourenço priorizou a economia no segundo dia da seu visita a Portugal.

No Porto, onde participou num encontro entre homens de negócios dos países, o Presidente disse, numa cerimônia na Câmara do Porto, haver “um futuro promissor” nas relações entre Portugal e Angola.

No encontro com empresários, João Lourenço disse “continuar a contar com as linhas de crédito portuguesas para o financiamento do tão desejado crescimento e desenvolvimento econômico e social” de Angola.

O Presidente angolano sublinhou também que as dividas “contraídas por empresas angolanas, uma vez certificadas pelo Ministério das Finanças e pelo Banco Nacional de Angola, têm vindo gradualmente a ser saldadas num ritmo considerado satisfatório pelas partes”.

Para Lourenço, “com a criação pelo Executivo angolano de condições de natureza política, macroeconômica e de regulamentação de investimentos, com o empenho com que tem estado a por freio às práticas lesivas do erário publico e a combater a corrupção e a imunidade”, estão “superadas as razões que levavam muitos homens de negócio portugueses a abrandar o ritmo e volume dos seus investimentos em Angola”.

Entretanto, os governos de Portugal e de Angola emitiram hoje um comunicado no qual afirmam a sua “satisfação pela excelência do relacionamento” entre os dois países e garantem “o empenho no continuado reforço da cooperação bilateral, alicerçado no respeito pelos princípios da Carta das Nações Unidas e pelas normas do Direito Internacional”.

“Os diversos encontros mostraram uma ampla convergência de pontos de vista e permitiram uma oportuna atualização de informação sobre a situação política, econômica e social nos dois países, bem como sobre os principais temas regionais e internacionais”, lê-se na nota.

A visita de João Lourenço a Portugal termina amanhã.

Fonte: Voa Português

Categorias: Mundo

Vídeo em destaque

Ad will display in 09 seconds