Cerca de 10.000 praticantes do Falun Gong se reuniram em Pequim em 25 de abril de 1999 para apelar ao Escritório Nacional de Apelos, localizado ao lado do complexo comunista. Eles pediram a libertação de 45 praticantes que haviam sido presos em Tianjin, cidade localizada a cerca de 100 quilômetros de Pequim.

Eles esperaram em silêncio e saíram rapidamente após serem informados de que os praticantes foram libertados. A manifestação organizada deixou uma profunda impressão no povo local e nos repórteres da mídia.

No entanto, o Partido Comunista Chinês (PCC) totalitário não pode tolerar nenhuma voz oposta. O porta-voz do Partido alegou que nenhuma acusação seria impetrada contra os praticantes presos. Em vez disso, as autoridades do regime estavam secretamente se preparando para iniciar uma perseguição nacional.

Apresentação do Dafa ao público

O Falun Gong foi apresentado pela primeira vez ao público em Changchun, província de Jinlin, em 1992. Seu efeito na melhoria da saúde e da moralidade das pessoas levou à sua ampla popularidade. 100 milhões de pessoas começaram a praticar o Falun Gong em sete anos.

O grupo de estudo em que eu estava dobrou de tamanho em meio ano. Então, foi dividido em dois grupos. Mais locais de prática em grupo foram estabelecidos e também aumentaram de tamanho. Podia-se ver pessoas praticando o Falun Gong em parques e outros locais públicos.

Uma senhora praticante disse: “Eu sinto vontade de gritar em público ‘venha praticar o Falun Gong. É tão bom!'”.

O Falun Gong foi bem recebido pela sociedade e admirado pela moralidade edificante. Teria sido uma oportunidade única se o regime chinês houvesse lidado adequadamente com o protesto pacífico e feito com que o país se desenvolvesse de uma maneira próspera e saudável.

Iniciando e escalonando a perseguição

Infelizmente, o totalitário PCC não pode aceitar nada que fosse visto como um enfraquecimento de seu poder. Jiang Zemin, o então chefe do PCC, iniciou a perseguição em 20 de julho de 1999, por pura inveja da popularidade da prática pacífica. Era bem conhecido que os praticantes do Falun Gong não têm aspiração política e não representam ameaça ao poder do regime totalitário.

Com violência e mentiras, o PCC tem perseguido praticantes do Falun Gong inocentes desde então. Sob a diretriz de Jiang Zemin, o PCC estabeleceu a Agência 610, uma organização de segurança extralegal com o poder de anular os sistemas policial e judicial, e cuja única função é coordenar e implementar a perseguição ao Falun Gong.

Os praticantes do Falun Gong seguem o princípio universal Verdade-Compaixão-Tolerância. Eles começaram a esclarecer os fatos sobre a perseguição para aumentar a conscientização sobre a brutal perseguição do PCC.

Muitos praticantes foram a Pequim para falar pelo Falun Gong depois de 20 de julho de 1999. Eles abriram bandeiras do Falun Gong e defenderam os princípios do Falun Gong.

No entanto, Jiang e seus seguidores escalaram a perseguição. Para provocar ódio contra o Falun Gong, o PCC encenou o incidente da autoimolação de Tiananmen e incriminou o Falun Gong.

Muitas pessoas precisam despertar para a verdade

O site Minghui publicou informações sobre a morte de milhares de praticantes do Falun Gong devido à perseguição nos últimos 20 anos. Suspeita-se que o número real é muito maior, já que muitos outros praticantes foram presos e torturados por sua fé, mas, devido ao bloqueio de informações, muitas desses dados não podem ser confirmados.

Evidências mostram que o PCC extrai órgãos de praticantes vivos e detidos para abastecer a indústria de transplantes de órgãos.

20 anos se passaram. Os praticantes do Falun Gong permaneceram inabaláveis em sua crença e continuam a aumentar a conscientização do público em todo o mundo. Seus esforços despertaram a consciência de muitas pessoas.

Algumas pessoas adquiriram uma compreensão do Falun Gong; alguns informam os outros e ofereceram apoio, alguns começaram a praticar o Falun Gong e alguns renunciaram ao Partido e às suas organizações juvenis. A consciência de muitos chineses despertou ao conhecer a verdadeira natureza do Partido. Embora muitas pessoas tenham aceitado a verdade sobre o Falun Gong, ainda há muitas que precisam aprendê-la.

Fonte: Minghui.org

Categorias: China Mundo

Vídeo em destaque

Ad will display in 09 seconds