Uma empresa de Londres lançou no mercado esferas biodegradáveis comestíveis que contêm água e são feitas de componentes naturais, cloreto de cálcio e uma membrana gelatinosa, o que poderia significar o fim das garrafas plásticas.

Os responsáveis pela invenção, batizada como água ‘Ooho’, são três designers que estudaram no Royal College of Art, na capital britânica: Rodrigo García González, Pierre Paslier e Guillaume Couche.

Foto cortesia de: FaceBook ‘Ooho’

O recipiente, criado com uma técnica culinária chamada “esferificação”, é feito 100% com algas e plantas, pode ser servido aromatizado e colorido, e deve ser consumido “fresco” porque tem validade entre 4 e 6 semanas, conforme instruções no seu site.

A água, que é congelada no momento de seu “engarrafamento”, é embalada em um recipiente “simples, barato e biodegradável”, de acordo com as declarações feitas pelos engenheiros no portal PSFK.

Categorias: Tecnologia

Vídeo em destaque

Ad will display in 09 seconds