Não é correto afirmar que as calorias ingeridas pelos alimentos consumidos em excesso são eliminadas com o exercício, pois somente entre 10 e 30 por cento são usados em atividade física e desse percentual apenas uma parte faz isso através do exercício. Exercícios em academia, explica o Dr. Sanjay Gupta através da CNN.

É mais correto dizer que a maioria das calorias é queimada, mantendo o corpo ativo com as funções vitais que representam a geração de calor, a circulação sanguínea e a criação de novas células.

Essas tarefas do organismo determinam a Taxa Metabólica Basal, ou BMR, pela sigla em inglês, e são responsáveis pelo uso de 60 a 80 por cento das calorias consumidas pelos seres humanos.

Por outro lado, quanto mais jovem a BMR, quanto maior a geração de massa muscular, maior a BMR.

Além disso, a digestão do alimento ingerido consome 10% das calorias fornecidas por ele.

Em geral, as pessoas que praticam exercícios extras no ginásio tendem a acreditar que, por esse fato, elas já têm o direito de comer mais sem ter certeza sobre se as calorias são queimadas.

Por exemplo, ao caminhar 30 minutos, 200 calorias são gastas e esse resultado é cancelado em apenas cinco minutos, comendo 4 biscoitos com gotas de chocolate, ou sorvete ou menos de dois copos de vinho.

Em princípio, entre algumas das razões para se exercitar estão a felicidade, a saúde e a resistência do coração, mas, se se trata de perder peso, é muito mais eficaz limitar o consumo de calorias.

Levada em prática, a redução do peso corporal é obtida por meio do monitoramento do tamanho das porções e do controle regular do peso, segundo o especialista Gupta.

Nota: O artigo foi escrito apenas para fins informativos e não pretende substituir a consulta com o seu médico.

José Ignacio Hermosa – BLes

Categorias: Brasil

Vídeo em destaque

Ad will display in 09 seconds