Uma mendiga que andava de roupa suja pela cidade de Requena, departamento de Loreto,Peru, depois de ser tratada por problemas mentais por médicos, ela foi identificada como Sonia Lloclla Luna, uma bióloga morta há seis anos.

“Estamos fazendo os exames completos, agora ela está lúcida e nos forneceu seu nome e número do cartão de identidade, ela está muito feliz e grata pela atenção prestada, foi o que ela nos disse em uma conversa que tivemos” disse um dos médicos, de acordo com a mídia local de  Loreto Informa News.

Entre suas rotinas estavam tomando banho no desfiladeiro da cidade e dormindo ao lado da entrada da catedral, segundo testemunhas. Após o tratamento que durou vários dias, ela se lembrou de quem era.

[Uma petição é feita para que o Partido Comunista Chinês seja declarado uma organização terrorista]

Agora ela sorri novamente e espera por seus parentes , já que eles pararam de procurá-la depois de muitas tentativas frustradas no passado.

A bióloga é da província de Abancay, no departamento de Apurímac, de onde seus parentes viajam para celebrar a reunião de sorte.

José Ignacio Hermosa – BLes

Categorias: Ciência

Vídeo em destaque

Ad will display in 09 seconds